Eu tenho problemas vasculares. E agora?

As doenças do sistema vascular costumam surgir depois da vida adulta, podendo atingir
tanto homens como mulheres. Porém, as mulheres são mais comumente acometidas pelas
famosas varizes, devido às variações hormonais ao decorrer da vida, principalmente
durante a gravidez e a menopausa, o que as levam a procurar um especialista na área da
angiologia com mais frequência.

Porém, seja você homem ou mulher, é importante sempre ficar atento aos sinais do corpo,
pois o organismo costuma dar certos alertas quando algo não está funcionando como
deveria. Portanto, vamos conferir neste artigo, os principais sintomas, a prevenção, os
tratamentos e as maiores dúvidas sobre os problemas vasculares. Fique atento/a!

Principais sintomas de problemas vasculares

As mudanças de temperaturas nas estações mais extremas, como o verão e o inverno
podem resultar em dor e inchaço nas pernas ao longo do dia. Porém, se esse problema
ocorre com frequência, é importante ficar atento, pois isso pode ser um dos sinais de que
sua circulação não está funcionando do jeito de deveria.

Porém, não é só isso que pode ser considerado um "sintoma/sinal" de um problema
vascular. Além disso, fique atento com:

  • Dores intensas e regulares nas pernas e braços.
  • Veias tortuosas podem ser resultado de problemas de circulação, como as varizes.
  • Pequenos machucados na pele que não cicatrizam normalmente.
  • Cansaço sem motivo aparente.

Além disso, não subestime problemas menores que podem virar algo mais sério, como:

  • Cãibras constantes.
  • Insensibilidade nos membros (pernas e braços).
  • Formigamentos sem motivo aparente.
  • Pernas e pés mais frios do que o restante do corpo

Quais são os maiores e mais perigosos problemas vasculares e quais suas causas?

As doenças vasculares são causadas por diversos motivos. Por isso, é importante que um
médico angiologista ou um cirurgião vascular identifique e diagnostique a causa real do
problema. Porém, é sabido que as principais causas são:

  • Tabagismo.
  • Sedentarismo.
  • Traumas físicos.
  • Obesidade.
  • Uso contínuo de pílulas anticoncepcionais sem acompanhamento médico.
  • Fatores genéticos.

Porém, existem formas de prevenir os principais problemas vasculares. Vamos listar aqui os
maiores e como se precaver deles.

Acidente Vascular Cerebral

Mais conhecido como derrame, é também a segunda causa de morte no mundo todo e
acontece quando existe um entupimento ou rompimento dos vasos sanguíneos cervicais,
como por exemplo, as artérias carótidas, ou cerebrais.

Como prevenir: a principal maneira de evitar a doença ou tentar preveni-la é sempre se
preocupar com suas causas, como pressão alta, diabetes, obesidade e colesterol alto.

Trombose Venosa

É uma espécie de coágulo de sangue que se forma dentro das veias. Isso causa um
bloqueio na circulação. Por consequência, o sangue tem dificuldade de retornar para o
coração e as pernas incham.

Como prevenir: é importante entender que as mulheres grávidas, pessoas que se internam
para realizar cirurgias grandes, casos de trombose na família, pessoas com tendência
genética à trombofilia, quem faz voos com mais de 8 horas de duração com bastante
frequência, mulheres com muitos casos de varizes têm como prevenir e evitar a trombose
ao praticar exercícios, fazendo uso de medicamentos e de meias elásticas, sempre sob
prescrição médica.

Doença Arterial Obstrutiva

As placas de gordura se formam dentro das artérias (que são vasos condutores do fluxo de
sangue para o corpo), estreitando ou até mesmo obstruindo completamente a passagem do
sangue.

Então, quando há uma diminuição do calibre destes vasos, há uma redução da chegada de
sangue aos tecidos, sendo esses nutridos de forma insuficiente, causando dor. Porém, não
é comum que os sintomas apareçam no início. Um dos primeiros sintomas da doença
arterial obstrutiva nos membros inferiores é uma dor na batata da perna durante a
deambulação, fazendo com que o paciente tenha que parar de caminhar por dor.

Como prevenir: a primeira e mais importante dica é não fumar, pois é provado
cientificamente que o tabagismo aumenta em quatro vezes o risco para a doença. Além
disso, aconselha-se manter o colesterol controlado e tratar sempre da pressão alta e
diabetes. Praticar atividade física é fundamental também!

Procure um especialista

Sim, a principal dica para todos esses problemas é: consulte sempre um especialista, fique
em dia com os exames e nunca subestime um sintoma.

Se você está sentindo que está sofrendo de algum desses problemas, agende uma consulta
com a Dra. Fernanda Mescolin. Ela é especialista em cirurgia vascular e é adepta à
realização de procedimentos menos invasivos e de rápida recuperação. Entre em contato e
agende uma consulta. Vamos cuidar do seu problema e garantir o seu bem-estar e sua
saúde.