Precisa de um angiologista? Conheça as novas tecnologias e procedimentos da área

Embora sejam conhecidos por atuar no tratamento de varizes, vasinhos, microvarizes e telangiectasias, o angiologista e o cirurgião vascular são responsáveis por doenças e problemas que acometem o sistema vascular venoso, arterial e linfático.

A medicina vem avançando na área com novas tecnologias, procedimentos e nós, profissionais da área, precisamos acompanhar a evolução dessas tecnologias. Os novos procedimentos consistem em métodos que injetam produtos nas varizes para diminuir ou até eliminar esses vasos, além da utilização de lasers transdérmicos que potencializam o tratamento e permitem bons resultados em menor número de sessões.

Entenda os tratamentos atuais e as mais modernas técnicas

Conheça alguns dos melhores tratamentos que existem no Brasil.

Escleroterapia

Técnica que pode ser utilizada no tratamento de varizes e vasinhos e que consiste em administrar um medicamento (geralmente glicose) dentro do vaso doente através de pequenas aplicações, o que causa uma reação inflamatória, fazendo com que o vaso desapareça progressivamente.

Escleroterapia por Espuma Densa

A escleroterapia por espuma densa é um tipo de tratamento moderno que elimina varizes e pequenos vasinhos. Consiste em aplicar uma substância esclerosante em forma de espuma diretamente nas varizes, o que gera uma inflamação na parede do vaso colaborando-o e fazendo-o desaparecer.
A escleroterapia por espuma é bastante eficaz nas microvarizes e varizes. Porém, nas varizes de maior calibre, este tratamento pode não dar o melhor resultado, podendo ocasionar manchas em alguns casos, que também são passíveis de tratamento e melhora. Mesmo assim, é capaz de diminuir o tamanho das varizes, porém, pode ser necessária mais de uma aplicação na mesma variz.

Tratamento a Laser

Safenas são veias encontradas nas pernas, responsáveis pela circulação venosa dos membros inferiores. A cirurgia com laser consiste em uma moderna e eficaz técnica, sem cortes. É utilizado um cateter de fibra óptica que conduz a energia do laser até o interior da veia safena. O laser emitirá energia em forma de luz, que ao entrar em contato com o sangue, se transformará em energia térmica dentro da veia doente. Em termos simplificados, a veia será “queimada” em seu trajeto doente e assim será “fechada”.
Observe que a veia não é retirada. Isso causa menor trauma cirúrgico e, consequentemente, menor desconforto no pós-operatório.
Com o tempo, o próprio organismo absorverá essa veia até o seu desaparecimento completo.

Chegou a hora de você tratar suas varizes e ficar com as pernas saudáveis e bonitas

Entre em contato com a gente e agende uma consulta para entender melhor qual técnica usar no seu caso. A Dra. Fernanda Mescolin é adepta de cirurgias minimamente invasivas e tratamentos que possibilitam uma recuperação mais rápida ao paciente.