Quais são as consequências da trombose sem um tratamento adequado?

Como já vimos em artigos anteriores, a trombose venosa profunda ocorre quando um coágulo sanguíneo (trombo) se forma em uma ou mais veias profundas do corpo, geralmente nas pernas.

A trombose pode se desenvolver sob certas condições médicas que afetam a coagulação do sangue ou quando a pessoa fica na mesma posição durante um certo tempo, como após uma cirurgia, um acidente, ou se estiver de cama.

Além disso, a doença pode evoluir para um quadro muito grave porque coágulos sanguíneos nas veias podem se soltar, viajar pela corrente sanguínea e se alojar nos pulmões, bloqueando o fluxo sanguíneo e causando o que conhecemos por embolia pulmonar.

Porém, a embolia pulmonar é apenas uma das complicações que a trombose pode causar. Vamos entender quais são as principais consequências de NÃO TRATAR adequadamente uma trombose.

Embolia pulmonar

A embolia pulmonar ocorre quando um coágulo sanguíneo (trombo) vindo de outra parte do corpo, (geralmente a perna) bloqueia um vaso sanguíneo no pulmão.

A embolia pulmonar pode ser fatal e por isso é importante observar os sinais e sintomas da doença e, caso eles ocorram, procurar atendimento médico imediatamente. Os sinais e sintomas de embolia pulmonar incluem:

  • Falta de ar súbita
  • Dor no peito ou desconforto que piora quando você respira fundo ou quando tosse
  • Sensação de tonteira ou até desmaio
  • Pulso rápido

Síndrome pós trombótica

Uma das complicações mais comuns após a ocorrência da trombose venosa profunda é a chamada síndrome pós-trombótica. Trata-se de danos nas veias causadas pelos coágulos que atrapalham o fluxo sanguíneo nas áreas afetadas, o que pode causar:

  • Inchaço persistente nas pernas (edema)
  • Dores nas pernas
  • Manchas na pele
  • Feridas na pele

Prevenção e cuidados

É importante lembrar que a melhor prevenção é consultar-se com um profissional da área que indicará o melhor tratamento e medidas para prevenir a trombose venosa profunda, mas vale a pena lembrar de alguns cuidados também:

  • Evite ficar parado: Se você fez uma cirurgia ou esteve em repouso por outras razões, tente se mexer o quanto antes (caso seja autorizado pelo seu médico). Se você estiver viajando uma longa distância de carro, pare a cada hora e estique as pernas. Se você estiver em um avião, fique de pé ou ande de vez em quando. Se você não puder fazer isso, exercite as pernas. Tente levantar e abaixar os calcanhares enquanto mantém os dedos dos pés no chão e, em seguida, levante os dedos dos pés com os calcanhares no chão.
  • Faça mudanças no estilo de vida como perder peso e parar de fumar
  • Faça exercícios: O exercício regular reduz o risco de formação de coágulos sanguíneos, o que é especialmente importante para as pessoas que ficam sentadas durante muito tempo ou que viajam com frequência.

Agende uma consulta

A Doutora Fernanda Mescolin é angiologista, especialista em Cirurgia Vascular e Endovascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Ela é conhecida por ser adepta a intervenções minimamente invasivas e tratamentos que permitem uma recuperação rápida e menos desagradável ao paciente, além de estar na vanguarda dos métodos e tratamentos avançados para as doenças vasculares.

Agende uma consulta e venha conhecer nossos tratamentos. Quando o assunto é saúde, você merece o melhor.