Como tratar varizes e vasinhos

O tratamento de varizes pode ser feito com diversas técnicas como laser, espuma, glicose ou nos casos mais graves, cirurgia, que são recomendadas de acordo com as características da variz.

No caso dos vasinhos capilares avermelhados, o tratamento envolve a realização de uma escleroterapia, uma técnica feita em consultório onde o médico recorre à utilização de agulhas e de produtos químicos para interromper o fluxo de sangue nos vasos.

São vários tipos de tratamentos para varizes e vasinhos:

Tratamento a laser

O tratamento a laser para eliminação de varizes, também chamado de escleroterapia a laser, é muito eficaz para tratar vasos pequenos e médios que aparecem no nariz, bochechas, tronco e pernas. O tratamento com laser não causa muita dor em comparação aos outros tratamentos, não é um procedimento invasivo e garante bons resultados. No entanto, pode ser necessária a realização de um tratamento complementar para aumentar sua eficácia.

Tratamento por espuma densa

O tratamento de varizes com espuma, conhecido como escleroterapia com espuma, é eficaz nas varizes de pequeno calibre, sendo mais indicado para os vasinhos e para as microvarizes. A espuma é uma mistura de gás carbônico com um líquido, que juntos são aplicados diretamente nas varizes, fechando as veias. O tratamento com espuma é praticamente definitivo e após o procedimento é recomendado utilizar meias elásticas de compressão para melhorar a circulação e diminuir as chances de as varizes reaparecerem.

Cirurgia

A cirurgia para varizes é indicada para os casos mais graves, onde as varizes são muito grossas, com mais de 1 dedo de calibre, gerando sintomas como inchaço nas pernas, dor e coceira, o que pode trazer complicações. A recuperação da cirurgia de varizes depende da quantidade e do tamanho das veias que são retiradas.

ClaCs

O ClaCS (Cryo-laser & Cryoescleroterapia) é uma tecnologia inovadora no tratamento de varizes e vasinhos, mais rápida e menos dolorida que as tradicionais. Seu uso permite evitar a cirurgia em 86% dos casos.

A nova técnica combina o laser, a escleroterapia e jatos de ar gelado na pele. Esta junção do laser e da escleroterapia, aplicação de injeções com o uso de glicose, é vantajosa porque ao inserir esta substância em um vaso tratado a laser há poucos instantes, o efeito do medicamento dentro do vaso é  potencializado. Isso acontece porque o laser reduz o calibre da veia, tornando o fluxo mais lento e favorecendo a ação prolongada da glicose no local. Na prática, o paciente não necessita de inúmeras sessões para conseguir secar os vasinhos.

Como garantir os resultados do tratamento

No entanto, é importante seguir algumas recomendações como as descritas a seguir para que o tratamento seja eficaz.

  • Uso de meias elásticas de compressão diariamente, pois elas comprimem os vasos sanguíneos. As meias deverão ser colocadas logo ao acordar e retiradas para tomar banho e dormir. As meias elásticas de compressão podem ser encontradas nas farmácias ou em lojas de produtos hospitalares, no entanto, devem ser utilizadas sob orientação médica. Saiba para que serve e quando usar as meias de compressão;
  • Colocação de um calço no pé da cama, para melhorar a circulação do sangue nas pernas;
  • Remédios para varizes, pois diminuem a retenção de líquidos e melhoram o retorno venoso, diminuindo as chances de o paciente desenvolver novas varizes. Esses remédios devem ser prescritos e orientados pelo médico.
  • Além disso, é recomendada a prática de algum tipo de atividade física, pois assim o sangue é bombeado com mais força e a capacidade cardíaca também melhora, diminuindo a incidência das varizes.

Como prevenir as varizes

Para prevenir as varizes é recomendado fazer exercícios físicos regulares, acompanhados por um profissional, evitar estar acima do peso, sentar e deitar com as pernas para cima.

Além disso, é recomendado evitar ficar muito tempo sentado ou em pé, parado, por muito tempo e evitar usar saltos altos todos os dias.

Se você está com dúvidas, consulte um especialista médico vascular em sua cidade para um diagnóstico correto e o devido tratamento.

Lembre-se: varizes não é um problema só estético – é um sinal de alguma doença que precisa se tratada.